Príncipe William: “Os jornais de rua me inspiram”

De Sua Alteza Real Príncipe William de Gales para o Street News Service

Ele dormiu nas ruas de Londres para entender de verdade o que é ser morador de rua. Seguindo os passos de sua mãe Diana, Princesa de Gales, ele se tornou patrono da Centrepoint: a mais importante instituição de caridade que ajuda jovens moradores de rua no Reino Unido. E agora – pela primeira vez desde o anúncio de seu noivado no mês passado – ele traz a sua voz em apoio aos jornais de rua mundialmente.

Príncipe William no Centrepoint em Londres

O exclusivo artigo abaixo foi escrito por Sua Alteza Real Príncipe William de Gales para o Street News Service (SNS). SNS é uma agência de notícias da International Network of Street Papers, que apóia 115 jornais de rua em 40 países. As publicações ajudam moradores de rua ao redor do mundo a ganharem uma ajuda financeira para sua sobrevivência.

“O declínio econômico tem tido um efeito devastador no número de moradores de rua em nossas comunidades. Apenas em Londres, o número de desabrigados cresceu quase que 25% em apenas dois anos e essa porcentagem não inclui nem mesmo aqueles que foram forçados a saírem de suas casas para acomodações temporárias ou superlotadas.

Existem muitas razões para que alguém se veja como um morador de rua: um problema familiar, desemprego, abuso de álcool ou drogas, ou o peso de tempos difíceis, geralmente sem que tenham culpa. Mas o efeito de ser desabrigado é o mesmo para todos: uma sensação esmagadora de desespero e a falta da esperança.  As consequências emocionais para o individuo podem ser absolutamente devastadoras – algumas vezes mais do que o duro fato de serem moradores de rua.

Instituições de caridade, igrejas, governos e outros órgãos podem ajudar com o básico – um teto para se proteger, aquecedor e segurança – mas sem esperança, um indivíduo não pode reconstruir sua vida. Ter uma pessoa sem esperanças vivendo ao nosso lado é certamente o lado triste de nossas sociedades.

É por isso que o trabalho desses reconstrutores da esperança – os jornais de rua (como o Boca de Rua), minha própria instituição de caridade Centrepoint e outras organizações e indivíduos que se importam – me inspiram muito. Eles dão aos moradores de rua os instrumentos necessários para reconstruir sua confiança e, ultimamente, suas vidas.

Eu conheci muitos jovens moradores de rua que agora estão cheios de paixão e desejo em alcançar algo na vida, simplesmente porque eles receberam um pequeno apoio na hora certa para se reerguerem. Essas pessoas tem uma coragem extraordinária. Pode parecer que elas desistiram e lhes faltam coragem. Mas eu te digo que elas não desistiram e coragem é o que não lhes faltam. Eu me considero imensamente privilegiado de ser associado a esses indivíduos. Minhas saudações à todas as organizações que estão ao lado deles.”

Por Sua Alteza Real príncipe Guillermo de Gales, para o Street News Service.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima